Archivo de la etiqueta: Brasil

Os Brasis e suas memórias. Os indígenas na formação do Brasil

Segue convite digital do lançamento no Rio de Janeiro do site do projeto:

Os Brasis e suas memórias. Os indígenas na formação do Brasil

 que resulta do edital Memórias brasileiras.Biografias promovido pela CAPES e de uma articulação com 23 programas de pós-graduação, envolvendo também algumas licenciaturas interculturais indígenas e entidades de apoio.
O evento ocorrerá no dia 19 de abril, na próxima 5a. feira, das 14 as 18 hs no Centro Brasileiro de Altos Estudos/CBAE,na Av. Rui Barbosa, 762, Flamengo.

O projeto “OS BRASIS E SUAS MEMÓRIAS:
OS INDÍGENAS NA FORMAÇÃO NACIONAL” propõe-se a realizar pesquisa e produzir dados e interpretações novas sobre um aspecto muito pouco estudado e conhecido na história de nosso país – a continuada e persistente presença da população autóctone não só no período colonial e no século xix, mas no brasil republicano e atual.

Com a iniciativa de reunir essas histórias gostaríamos de contribuir para recontar a história do brasil, para implodir os lugares comuns e estereótipos que nela são atribuídos às populações indígenas, produzindo em seu lugar novas fontes de pesquisa histórica. É com esse intuito que estimulamos TODAS E TODOS PARA QUE CONTRIBUAM COM A CONSTRUÇÃO DE UMA OUTRA MEMÓRIA, conectada com os projetos políticos indígenas contemporâneos.

Escolhemos para isso abordar a construção desses projetos e sua realização por meio das biografias indígenas. Ao escrever histórias de uma vida, difundimos histórias de outras vidas às quais aquela está entrelaçada: contamos a história de um povo, de um lugar. A partir da biografia, é possível explicitar, além de eventos e seus encadeamentos, os aspectos que melhor transmitem os propósitos, as estratégias coletivas contra arbitrariedades e violências,

e as prioridades culturais e sociais de cada coletividade indígena. Que transmitem o que é fundamentalmente importante para viver, para todas elas!

como participar?

Você deverá elaborar um ENSAIO BIOGRÁFICO SOBRE UM PERSONAGEM INDÍGENA que contenha informações relevantes sobre a trajetória do/a biografado/a, entre as quais (quando houver e for pertinente): nascimento, filiação, escolarização, trabalho, situação fundiária da família, deslocamentos territoriais, atuação política/religiosa e episódios de destaque. Por meio dos ensaios biográficos espera-se abordar a vida de cada indivíduo e os elementos da história de cada povo indígena.

Os ensaios devem ser enviados em arquivos.doc ou congêneres. Espera-se que tenham entre 5 e 30 páginas, times new roman, 12, espaçamento 1,5.
Devem conter TÍTULO, AUTORIA, FILIAÇÃO ACADÊMICA e CONTATO dos autores.

Seguir leyendo Os Brasis e suas memórias. Os indígenas na formação do Brasil

Tierras Bajas III 2018 – CONVOCATORIA PARA PONENCIAS

Tierras Bajas
III Jornadas de Antropología,
Historia y Arqueología

Santa Cruz de la Sierra, Bolivia

7-8 de noviembre de 2018

CONVOCATORIA PARA PONENCIAS

Las Jornadas de Antropología, Historia y Arqueología de las Tierras Bajas de Bolivia y áreas vecinas tienen por objetivo promover, visualizar y difundir las investigaciones académicas que se desarrollan en estas regiones. Están organizadas por el Centro de Investigaciones Históricas y Antropológicas del Museo de Historia de la Universidad Autónoma Gabriel René Moreno de Santa Cruz, en colaboración con el Instituto Francés de Estudios Andinos (IFEA), Programa de Pós-Graduação em História de la Universidade Federal da Grande Dourados (MS, Brasil) y el grupo de pesquisa ‘Fronteira Oeste: Poder, Economia e Sociedade’ de la Universidade do Estado de Mato Grosso (MT, Brasil). Seguir leyendo Tierras Bajas III 2018 – CONVOCATORIA PARA PONENCIAS

Années 50 : Aux sources de l’anthropologie française contemporaine. L’inventaire des possibles

                   

Colloque international Bérose – ANR VISA

“Années 50 : Aux sources de l’anthropologie française contemporaine.
L’inventaire des possibles”

17, 18 & 19 octobre 2017, Paris

EHESS, 105, Bd Raspail – Salle 13 & Musée de l’Homme, Place du Trocadéro Auditorium Jean-Rouch

Cinq ans après la fin de la guerre, la période d’institutionnalisation et de consolidation de l’ethnologie française, ouverte en 1925-1928, se clôt définitivement avec le départ à la retraite de Paul Rivet (remplacé en janvier 1950, à la tête du musée de l’Homme, non par un ethnologue mais par un paléontologue et anthropologue Seguir leyendo Années 50 : Aux sources de l’anthropologie française contemporaine. L’inventaire des possibles

Graciela Chamorro – Historia Kaiowa. Das Origens aos Desafios Contemporâneos

graciela_chamorro_historia_kaiowaHistoria Kaiowa. Das Origens aos Desafios Contemporâneos

Graciela Chamorro

Missões efêmeras, mas que tiveram entre outras consequências o desterro de um cacique idoso que desejava “transmitir às gerações vindouras os costumes das gerações passadas”; bandeiras sangrentas que provocaram mortes, fugas e escravidão; ataques dos indígenas Mbajá que acabaram com a presença de povos guarani falantes no antigo Itatim; a Guerra da Tríplice Aliança, com a consequente exploração humana nos ervais e nas fazendas de gado; o desflorestamento e a implantação de novas fazendas que significou para o povo indígena uma perda lenta e progressiva de seu território. A história kaiowa pode ser vista desta maneira, como uma sucessão de catástrofes, todas devidas a atores externos que alteraram, moldaram, mudaram e continuam mudando o futuro deste grupo humano, pois catástrofes resultaram em mortes, deslocamentos forçados, exploração, discriminação, perda de terras e pobreza. Transformaram os antigos Itatim dos primeiros conquistadores em desprezados Ka’agua, “gente do mato”, “selvagens”.

Seguir leyendo Graciela Chamorro – Historia Kaiowa. Das Origens aos Desafios Contemporâneos